O que são os Metaversos?

Os metaversos ganharam muito destaque e atenção após o Facebook mudar o seu nome para Meta em outubro de 2021, criando grande expectativa no mundo tecnológico em relação a novidade.

A palavra metaverso vem da fusão da palavra “meta”, que significa transcendente, que excede a natureza física das coisas (ELIAS FILHO, 2022). E o termo “verso”, advém da palavra “universo”, podendo considerar como o universo que transcende as barreiras físicas do mundo real, traduzindo exatamente o que o metaverso é (ELIAS FILHO, 2022).

Assim, o metaverso é a fusão da realidade virtual em conjunto com a realidade aumentada, criando uma imersão ao indivíduo que adentra este universo. Com o investimento massivo de empresas como Meta e Microsoft, o cenário mudou completamente, e se aposta que haverá avanços tecnológicos suficientes para baratear os aparelhos de realidade virtual, atingindo públicos cada vez maiores, e com significante melhoria dos gráficos, aumentando o grau de realismo (MALAR, 2021)

O primeiro uso do termo metaverso surgiu na obra “Snow Cash” de Neal Stephenson, lançada em 1992, que antecipa a criação de universos e jogos virtuais que permitem ao usuário fazerem o que quiserem naqueles mundos. Esta obra foi um grande precursor para alguns jogos como World of Warcraft, Second Life, The Sims, Grand Theft Auto (GTA) e muitos outros.

Os metaversos mais comuns são o do AltSpaceVR (Microsoft), Horizon Workrooms (Meta), Decentraland e o The Sandbox.O Descentraland é um mundo virtual 3D imersivo e envolvente, que foi lançado em 2017, sendo o pioneiro e mais antigo espaço do metaverso (SCHIMIDT, BANUSCH, 2022). Já o The Sandbox começou em 2011 como um mundo virtual simples baseado em blockchain, migrando para plataforma de jogos 3D em metaverso em 2017, permitindo que os usuários construam, joguem e exerçam propriedade, monetizando todas as experiencias virtuais (SCHIMIDT, BANUSCH, 2022).

Essa tecnologia deve ser voltada para as empresas, que terão dinheiro para financiar projetos de desenvolvimento, e as usarão para reuniões, treinamentos, eventos e trabalho remoto (MALAR, 2021).

REFERÊNCIAS

ELIAS FILHO, Rofis. Metaverso: o que é e quais as implicações no “mundo real”?. Tecmundo, [s. l.], 2022. Disponível em: https://www.tecmundo.com.br/internet/239105-metaverso-implicacoes-mundo-real.htm. Acesso em: 12 jul. 2022.

MALAR, João Pedro. Entenda o que é o metaverso e por que ele pode não estar tão distante de você. CNN Brasil, [s. l.], 2022. Disponível em: https://www.cnnbrasil.com.br/business/entenda-o-que-e-o-metaverso-e-por-que-ele-pode-nao-estar-tao-distante-de-voce/. Acesso em: 12 jul. 2022.

Publicado por

Victor Habib Lantyer

Advogado. Criador do Lantyer Educacional.

Um comentário em “O que são os Metaversos?”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

 - 
English
 - 
en
French
 - 
fr
German
 - 
de
Portuguese
 - 
pt
Spanish
 - 
es
Sair da versão mobile